Dr Eduardo Nassar Indica:

Sangramento vaginal no início não tem impacto sobre os indicadores utilizados no rastreamento de aneuploidia do primeiro trimestre.

To assess the impact of early vaginal bleeding on the levels of markers used in first trimester screening for aneuploidy.
A retrospective analysis was carried out on the free beta human chorionic gonadotrophin (beta-hCG) and pregnancy associated plasma protein-A (PAPP-A) levels and nuchal translucency thickness in 49 653 women with a normal singleton fetus who had first trimester combined screening for Down Syndrome in three centres. Median MoMs and the distribution of log MoMs of the two markers were compared in two groups-7470 women who self-reported vaginal bleeding and 42 183 women who reported no vaginal bleeding at any stage prior to the screening test.
The overall median MoM free beta-hCG and that in the bleeding and non-bleeding group were 0.9854, 1.0012 and 0.9832, and for PAPP-A were 1.0407, 1.0413 and 1.037. There was no significant difference between the bleeding and non-bleeding group by median test (p = 0.080) or by t-test comparing log MoMs (p = 0.1305) for free beta-hCG and for PAPP-A with median test (p = 0.5071) or by t-test comparing log MoMs (p = 0.1740). For delta nuchal translucency (NT) there was also no significant difference between the bleeding and non-bleeding group (p = 0.055).
Vaginal bleeding has little or no impact on first trimester marker levels and no correction is necessary.

Para avaliar o impacto de sangramento vaginal no início os níveis de marcadores utilizados no rastreamento de primeiro trimestre para aneuploidia.
Uma análise retrospectiva foi realizada no livre beta gonadotrofina coriônica humana (beta-hCG) e gravidez associado às proteínas plasmáticas (PAPP-A) níveis e espessura da translucência nucal em 49 653 mulheres com um feto normal singleton que teve no primeiro trimestre de triagem combinado para Síndrome de Down em três centros. MoMs mediana ea distribuição das mães de log dos dois marcadores foram comparados em dois grupos de 7470 mulheres que sangramento vaginal auto-relato e 42 mulheres que relataram 183 sem sangramento vaginal em qualquer fase anterior ao teste de triagem.
O MoM global mediana livre beta-hCG e que no grupo de sangramento e sem sangramento foram 0,9854, 1,0012 e 0,9832, e para PAPP-A foram 1,0407, 1,0413 e 1,037. Não houve diferença significativa entre o sangramento e sem sangramento grupo por teste da mediana (p = 0,080) ou por teste-t comparando log MoMs (p = 0,1305) para livre beta-hCG e para PAPP-A com o teste de mediana (p = 0,5071), ou por teste-t comparando log MoMs (p = 0,1740). Para delta medida da translucência nucal (TN) também não houve diferença significativa entre o sangramento e sem sangramento (p = 0,055).
Sangramento vaginal tem pouco ou nenhum impacto sobre os níveis do marcador no primeiro trimestre e nenhuma correção é necessária.

Referencias

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20509154

Links

  • Artigos de Ultrassonografia
  • Dr Eduardo Nassar
  • Clínica Som Diagnósticos
  • Medicina Fetal
  • Criação de Sites em Belém