Dr Eduardo Nassar Indica:

Baixa PAPP-A do primeiro trimestre está associado com a taxa de crescimento reduzida fetal antes da semana de gestação 20.

To evaluate the association between maternal pregnancy-associated plasma protein-A (PAPP-A) and fetal growth from the first to the second trimester.
A prospective cohort study including 8347 pregnant women attending prenatal care at Aarhus University Hospital were conducted. PAPP-A was measured during 8 to 14 gestational weeks. Fetal growth between the two scans in the first and second trimesters was estimated by (GA(20)- GA(12))/Days(calendar), where GA(12) reflects gestational age in days calculated from crown-rump length at a 12-week scan, GA(20) reflects gestational age in days calculated from biparietal diameter at a 20-week scan, and Days(calendar) reflects the number of calendar days between the two scans.
Fetal growth rate from the first to the second trimester was correlated with PAPP-A, with a regression coefficient of 0.009 (95% CI, 0.007-0.012, P < 0.001). PAPP-A below 0.30 MoM was associated with a fetal growth rate below the tenth centile, with an adjusted OR of 2.05 (95% CI, 1.24-3.38).
Low levels of PAPP-A are associated not only with low birth weight at term but also with slower fetal growth prior to 20 weeks of gestation.

Para avaliar a associação entre a gravidez materna associada plasma proteína-A (PAPP-A) e de crescimento fetal a partir do primeiro para o segundo trimestre.
Um estudo de coorte prospectivo incluindo 8347 mulheres grávidas que frequentam o pré-natal no Hospital Universitário Aarhus foram realizados. PAPP-A foi medido durante 8 a 14 semanas de gestação. Crescimento fetal entre os dois exames nos primeiro e segundo trimestres foi estimada por (GA (20) - GA (12)) / Dias (calendário), onde GA (12) reflete a idade gestacional em dias calculado a partir comprimento cabeça-nádega em um 12 semanas-scan, GA (20) reflete a idade gestacional em dias calculados a partir de diâmetro biparietal em uma varredura de 20 semanas, e os dias (de calendário) reflete o número de dias corridos entre os dois exames.
Taxa de crescimento fetal do primeiro para o segundo trimestre foi correlacionada com o PAPP-A, com um coeficiente de regressão de 0,009 (95% CI, 0,007-0,012, P <0,001). PAPP-A abaixo 0,30 MoM foi associada com uma taxa de crescimento fetal abaixo do percentil décimo, com um OR ajustado de 2,05 (95% CI, 1,24-3,38).
Os baixos níveis de PAPP-A está associada não só com baixo peso ao nascimento a termo, mas também com lentidão no desenvolvimento fetal antes de 20 semanas de gestação.

Referencias

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20509148

Links

  • Densitometria Óssea
  • Clinica Som Diagnósticos
  • PET-CT
  • som Diagnósticos
  • Desenvolvimento de Sites em Belém